Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos

Logo VN Cerveira mais AquaMuseu

Projeto Nor-Water lança vídeo de sensibilização

Nor water 1 980 2500
22 Abril 2021

Com o objetivo de identificar os principais poluentes emergentes e as suas fontes nas bacias do Norte de Portugal e da Galiza, o projeto Nor-Water acaba de lançar um vídeo a alertar para estes problemas, no qual a protagonista é a lontra Eureka (https://www.facebook.com/492426870824606/videos/481573713120612).

Os poluentes emergentes (PE) são compostos de diferente origem e natureza química, no entanto, o facto da sua presença no ambiente não ter sido considerada no passado, leva a que atualmente exista pouca informação do ponto de vista científico. Recorrendo a uma forma mais correta, também são denominados de contaminantes de interesse emergente dos quais, em muitos casos, se desconhece se constituem um risco ecológico, ou se apresentam potenciais efeitos adversos sobre a saúde (Dulio et al., 2018; Water JPI, 2018).

Incluem uma vasta gama de compostos químicos, farmacêuticos, de cuidado pessoal, retardadores de chama, agentes tensoativos, plastificantes e aditivos industriais. A maior parte desses compostos encontram-se ainda por regular, mas podem ser candidatos a uma regulamentação futura, dependendo das investigações relacionadas com a sua presença e incidência no meio, bem como com os possíveis efeitos nocivos sobre a saúde.

Em 2015, a União Europeia implementou uma lista de observação ou “Watch List” (Decisão 2015/495) para monitorizar, entre outros, os referidos poluentes no âmbito da Diretiva-quadro da Água (DQA) visando uma eventual regulamentação no futuro.

Enquadrado no Programa de Cooperação INTERREG V-A Espanha-Portugal (POTEP) 2014-2020, o projeto Nor-Water tem um orçamento total de 579.475,41 euros, cofinanciado pelo FEDER em 434.606,56 euros, com término em abril de 2022, e cujo coordenador é o CIIMAR – Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental, Universidade do Porto.