Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos

Logo VN Cerveira mais AquaMuseu

"O Linguado"

Linguado 1 980 2500
23 Outubro 2020

O linguado, ou solea solea, é uma espécie demersal que se pode encontrar a viver em substratos arenosos no mar. O seu corpo é alongado e achatado, ambos os olhos encontram-se na parte superior, e as suas barbatanas dorsal e anal atingem a barbatana caudal. Pode chegar a atingir os 70cm de comprimento e ultrapassar os 2Kg de peso.

Camufla-se facilmente com o substrato onde costumam habitar. A sua parte inferior costuma ter uma tonalidade bastante clara, enquanto a sua parte superior pode variar entre cores mais amareladas e claras a cores mais acastanhadas e escuras, dependendo da cor do substrato onde habitam. Esta capacidade de camuflagem é muito importante quer para conseguir alimento quer para eles próprios não serem detetados por possíveis predadores.

Habitam normalmente no mar, mas as larvas e os juvenis podem, entre os meses de março e setembro, ser encontradas em grandes quantidades na parte baixa do estuário do rio Minho, sendo que por vezes também pode acontecer o mesmo com exemplares maiores. A entrada nos estuários deve-se muito à abundância de alimento que vão encontrar. A sua alimentação baseia-se em poliquetas, bivalves, crustáceos e pequenos peixes.

A reprodução ocorre junto à costa, nos meses do inverno e primavera. Os seus ovos são pelágicos, sendo que as larvas eclodem normalmente ao fim do décimo dia a uma temperatura a rondar os 10ºC. Quando atingem cerca de 1,5cm de comprimento sofrem então a metamorfose que os vai tornar no peixe “chato” tal e qual o conhecemos.

Esta espécie tem um alto valor económico pois é um peixe muito apreciado pelo ser humano. A sua captura ocorre utilizando redes de enredar fundeadas e à linha.