Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos

Logo VN Cerveira mais AquaMuseu

Cerveira em destaque em reportagem do Sapo Viagens

Sapo viagens 1 980 2500
20 Agosto 2020

"Quem desce o rio Minho, abaixo de Valença e acima de Caminha, num corredor paralelo com a Serra de Gávea, encontra Vila Nova de Cerveira. Aqui, onde se contam histórias do peixe e de quem o pesca, namora-se as Morraceiras, as ilhas no caudal, tal qual se vê nos filmes.

"Em cada cantinho dos 350 quilómetros de extensão do Rio Minho, há uma vista diferente sobre o horizonte que suplica por ser fotografada e eternizada, uma planta diferente que pede para ser observada de perto, um som distinto da água corrente que nos seduz para ser ouvida no embalar do caudal, uma margem a convidar para ser explorada. Desta vez, a paragem é em Vila Nova de Cerveira, Portugal. Do outro lado está Tomiño, Espanha. No meio, o imponente Minho.

A linha imaginária que divide o rio ao meio separa a metade portuguesa e espanhola, mas aqui navegam barcos que não vêem fronteiras. Se, em tempos, este caudal se enchia de embarcações de pesca, hoje em dia quem domina são as atrações turísticas ou os pequenos barcos privados. “Sinais dos tempos”, há quem diga. Em alguns casos, sinais francamente bons com mudanças que tornam a navegação mais amiga do ambiente (...)"

Leia a reportagem na íntegra em: https://24.sapo.pt/atualidade/artigos/impossivel-descer-este-rio-e-nao-ter-vontade-de-comprar-uma-ilha-e-ate-ha-ilhas-a-venda-no-rio-minho